A Cantata de Natal é um dos grandes momentos aguardados por toda nossa comunidade educativa ano após ano. Realizada no Colégio Medianeira, nos dias 7 e 8 de dezembro, contou com a participação de quase 450 crianças da Educação Infantil e do 1º ano, e teve como tema “Quem tem raiz acolhe o vento”. Mais de 2 mil familiares compareceram nas duas apresentações.

As duas noites do espetáculo permitiram que alunos, famílias e educadores celebrassem o encerramento de mais um ano letivo e refletissem sobre o verdadeiro sentido do Natal, que é o nascimento de Jesus Cristo, que se doa e vem até nós.

cantata_de_natal2

Foto de Paulinha Kozlowski:

Para as crianças, é a hora de mostrar aquilo que aprenderam praticamente em um trimestre inteiro, embora muitos dos conceitos da cantata já tenham sido desenvolvidos, não somente nas aulas de musicalização, em outras áreas de aprendizagem. Para as famílias é um momento esperado. É uma alegria ver os pequenos subirem ao palco e apresentarem um lindo show, que simboliza o fim de ano e lembrando do verdadeiro sentido do natal, o nascimento de Jesus.

Ao ser questionada como se dá a escolha das canções apresentadas na cantata, a professora de musicalização, Lílian Lüdtke, afirma que isso acontece de acordo com tema proposto. Esse ano, aproveitando o mote da comunicação institucional do Colégio Medianeira, o slogan “Quem tem raiz acolhe o vento” serviu como base para a escolha das músicas. Lílian afirma: “as canções falam sobre o tempo vivido, sobre as raízes que nos fazem fortes e se renovam a cada novo ciclo, como a esperança viva do Natal”.

Os ensaios acontecem nas aulas de Musicalização. Aos poucos, as professoras apresentam as canções às turmas, definindo os acessórios, confeccionando o material utilizado (como os sinos, tambores e chocalhos, usados esse ano), além de incluir a parte cênica das canções. É um processo que envolve muita gente, todos em prol desse grande projeto que é a cantata.

cantata_de_natal3

Foto de Paulinha Kozlowski:

Lílian conta que “os ensaios são prazerosos para os alunos. Quando isso acontece, o espetáculo fica lindo, pois eles vivenciam realmente esse processo. Os alunos percebem que o palco é um local especial e que lá só sobem os “artistas”. Com isso, eles esperam pelo momento da cantata.

A história contada na Cantata de Natal, sobre o nascimento de Jesus Cristo, é uma retomada dos valores cristãos que, nos dias de hoje, parecem ter sido esquecidos em detrimento da lógica comercial. Padre Guido conta que Jesus nos ensina, com palavras e gestos concretos, que o que importa é o amor. E explica que a cantata “é um tempo de preparação para o Natal, é a espera por Jesus que vem nos trazer a esperança de um mundo de Paz”.

cantata_de_natal4

Foto de Paulinha Kozlowski: