Cezar Tridapalli

/Cezar Tridapalli

Traças, tralhas e traquitanas

By | 2018-02-27T13:33:40+00:00 Abril 6th, 2015|Blog, Cezar Tridapalli, Crônica|

Não é fácil ter nascido na década de 1970. E não digo isso pelos anos 70 em si, quando eu mal me conhecia por gente e só queria saber de brincar, ralar joelho, essas coisas. Assistir a televisão era um evento comum, mas com uma aura um pouco diferente: poucos canais, a grade infantil estava [...]

A criança e a invenção da vida

By | 2018-02-27T13:33:46+00:00 outubro 21st, 2014|Cezar Tridapalli, Literatura|

Quer ver duas coisas muito valorizadas dentro do nosso jeitão de enxergar o mundo? A velocidade e a genialidade. E aí faço uma pergunta: mesmo com a informação veloz ao alcance de um clique, quantos de nós somos mais geniais do que, por exemplo, Leonardo da Vinci e Shakespeare? Diz a lenda que nem internet [...]

Minha declaração de bens

By | 2018-02-27T13:33:56+00:00 julho 21st, 2014|Blog, Cezar Tridapalli, Cultura|

Ilustração de Sofia Moutinho É claro que o ser humano que nasce dentro de qualquer comunidade já vai adquirir uma cultura. Com raríssimas exceções (e O enigma de Kaspar Hauser está aí para discutir o assunto), todo mundo nasce mergulhado no tal caldo cultural que o ajudou a gestar. Chamar alguém de inculto, [...]

E sigo inseguro (ou: mimimi)

By | 2018-02-27T13:33:59+00:00 junho 5th, 2014|Blog, Cezar Tridapalli, Crônica|

No final de 2013, ganhei um prêmio literário nacional com um romance inédito. Do anúncio do prêmio até a publicação se passaram alguns meses. Festejei, divulguei por diversos meios, e as pessoas, sempre generosas, endossavam a conquista, parabenizavam-me. Enquanto isso, eu tratava da publicação junto à editora. Esse recorte de tempo que vai do anúncio [...]

Bem cheinho, até as orelhas

By | 2018-02-27T13:34:04+00:00 Março 27th, 2014|Alteridade, Blog, Cezar Tridapalli, Educação|

Sequência de frames do filme The Wall, do Pink Floyd O exemplo talvez seja desinteressante, mas espero que sirva pra ilustrar o que vem a seguir: Desde que comprei meu carro em 2010, e mesmo sendo bom ledor de manuais, nunca entendi porque a fábrica dizia para não colocar mais gasolina do que [...]

Meus pecados, minhas torcidas

By | 2018-02-27T13:34:26+00:00 junho 3rd, 2013|Cezar Tridapalli, Futebol|

  Em 2012, tive o privilégio de conversar por um bom tempo com o grande professor, poeta e músico José Miguel Wisnik. Falamos, entre outras coisas, da tola divisão que às vezes se faz entre música erudita e música popular, uma vez que ambas dialogam de modo muito intenso, bebendo-se e derivando-se mutuamente. E exemplos [...]

Mãos ao alto

By | 2018-02-27T13:34:31+00:00 Abril 15th, 2013|Cezar Tridapalli, Violência|

 * “Para se conhecer as coisas, é preciso dar-lhes a volta; dar-lhes a volta toda” – José Saramago (1922 – 2010) * “Do rio que tudo arrasta, diz-se que é violento. Mas ninguém chama violentas às margens que o comprimem” – Bertold Brecht (1898 – 1956) * A desigualdade social, ou seja, a diferença muito [...]

A cinza dos sonhos

By | 2018-02-27T13:34:35+00:00 Março 3rd, 2013|Cezar Tridapalli, cidade|

“A cidade se embebe como uma esponja dessa onda que reflui das recordações e se dilata” (Italo Calvino, em As cidades invisíveis)   O segundo poema que escrevi na vida, por volta dos 14 anos, terminava assim, nunca me esqueci: “a cidade é tão linda na hora do blecaute / um nocaute técnico / épico onde [...]

Ler imagens

By | 2018-02-27T13:34:41+00:00 novembro 6th, 2012|Cezar Tridapalli, Cinema, Educação, Leitura, Literatura|

Este ano tive a oportunidade de dar várias palestras sobre leitura em Curitiba e no interior do estado (estive em Londrina, Foz, Maringá, Pato Branco, Cornélio Procópio, Palmas). Ou falei sobre a leitura de modo geral, ou sobre a leitura do texto literário ou ainda sobre o futuro do livro, um tema aberto a muitas [...]

Eleição é coisa séria

By | 2018-02-27T13:34:47+00:00 setembro 17th, 2012|Cezar Tridapalli, Comunicação, Cultura, Ética, n11, Photo, política|

Angeli é o autor da tira acima. É época de campanhas políticas. E você acha que o eleitor está confuso? Pois prepare-se para fazer de seu candidato um vencedor. Primeiro, vamos pensar em palavras ou expressões que rimam: Coração, paixão, transformação / Valor, amor, trabalhador / Cidade, felicidade / Compromisso, conte com isso / Amanhecer, nascer, acontecer [...]