Litercultura Festival Literário chega a sua sétima edição em 2019

//Litercultura Festival Literário chega a sua sétima edição em 2019

A literatura pela literatura. Essa é a proposta do maior festival literário que acontece anualmente em Curitiba. Desde sua primeira edição, o Litercultura viabiliza debates que ultrapassem a discussão de obras literárias em si mesmas, mas que oportunizem o estabelecimento de elos entre a literatura e a vida.

Com direção-geral de Manoela Leão e curadoria do jornalista e crítico Manuel da Costa Pinto, a sétima edição do Litercultura acontece entre os dias 12 e 16 de agosto, na Capela Santa Maria.

A entrada é gratuita e a bilheteria para distribuição dos ingressos que dão acesso à sala dos painéis é aberta todos os dias, às 17h30. O evento estende sua dinâmica com uma programação integrada, que inicia às 18h, com venda de livros, gastronomia étnica e apresentações de música, poesia, performance e mostra de cinema. Já os cinco autores convidados se apresentam no palco principal, sempre às 20 horas.

Com curadoria de Manoela Leão e do jornalista e crítico Manuel da Costa Pinto o Litercultura 2019 é realizado pela Gusto Produção Cultural. Além de ser um projeto aprovado pelo Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (PROFICE), da Secretaria de Estado da Cultura, conta com o apoio do Colégio Medianeira, da Prefeitura e Fundação Cultural de Curitiba, da Copel e do ICAC.

 

Fronteiras

Neste ano, o Litercultura traz a reflexão acerca de questões contemporâneas sob a ótica de cinco personalidades distintas. Entendendo as fronteiras como espaços de encontro, e não como forma de divisão ou distanciamento, reúne literatura feita em diversos países e contextos. “Filósofos antigos já falavam sobre o tema das fronteiras, mas, na contemporaneidade há uma questão específica, por causa da globalização. Tecnicamente, você consegue estar em qualquer lugar do mundo, mas politicamente existem as questões das barreiras, das fronteiras, e isso é uma questão delicada. Então, essas fronteiras geopolíticas é que vem sendo debatido”, explica Cezar Tridapalli, diretor executivo do evento.

Para compor esse mosaico a partir do tema proposto, foram convidados: a jornalista e escritora Patrícia Campos Mello,  que trabalha como correspondente internacional para a Folha de S. Paulo e tem dois livros publicados: um a respeito da Índia e outra sobre um casal que se conheceu pela Internet na Síria, casou e foi morar numa cidade sitiada pelo Estado Islâmico; o roteirista e escritor cubano Leonardo Padura, que escreve a partir de uma forte metáfora que remete ao além-fronteiras; o romancista brasileiro Bernardo Carvalho, que tem produção voltada à discussão da questão da imigração; o escritor colombiano Juan Cárdenas, ainda não publicado no Brasil, mas que toca no aspecto do retorno para a terra natal e a mudança operada nos indivíduos durante seu tempo de afastamento; e  Igiaba Scego escritora e jornalista italiana, de família de imigrantes somali, que trata dessa temática em sua obra.

Além das mesas e da discussão proposta, será publicado um livro do Litercultura, com cinco textos, um de cada autor participante do evento.

 

 

Confira, aqui, a programação cultural completa do Litercultura Festival Literário 2019.

 

 

 

 

 

 

By | 2019-08-14T10:06:20+00:00 agosto 13th, 2019|Notícias|Comentários desativados em Litercultura Festival Literário chega a sua sétima edição em 2019