Ao longo dos finais de semana dos dias 13 a 15/09 e 20 a 22/09, estudantes das três séries do Ensino Médio participaram da experiência do Retiro de Crisma. Embora o foco principal da atividade sejam os adolescentes da 1ª série que participam da catequese para o Sacramento da Crisma, o Retiro também conta com a presença dos Monitores: jovens da segunda série, Terceirão e Sempre-Alunos que somam à equipe de educadores na realização de uma experiência formativa e orante aos crismandos.

Segundo o Orientador de Formação Cristã do Ensino Médio, Matheus Cedric, o Retiro de Crisma é o ponto alto de toda a experiência catequética dos estudantes. “Trata-se de uma experiência adaptada dos Exercícios Espirituais de Santo Inácio, onde os crismandos e crismandas tem a oportunidade de sentir e saborear internamente tudo aquilo que foi aprendido, até aqui, nas formações semanais da catequese. Além disso, é um momento propício para pensar um Projeto de Vida pautado nos valores do Evangelho.”

Para a estudante Amanda Packer Hübler, da 1ª série E, o Retiro pode ser resumido na palavra “aproximação”. “Para mim foi uma experiência de aproximação da minha relação com os outros crismandos, monitores e professores, da minha relação comigo mesma e principalmente aproximação da minha relação com Deus. Foi um momento de muito autoconhecimento”, garante.

Já Gabriel Venâncio, da 1ª série B, afirma que essa foi uma vivência transformadora: “A experiência que eu tive com o retiro foi de longe uma das mais impactantes da minha vida. Esse final de semana me fez passar por todos os sentimentos possíveis, alguns que eu nem sabia que conseguia experimentar”, aponta.

Na última sexta (27/09), o grupo completo de crismandos(as) e monitores(as) puderam retomar as experiências vivenciadas ao longo do Retiro, partilhando as impressões que permanecem após a vivência. E, agora, a turma se prepara para a última etapa antes da recepção do Sacramento: a ação pastoral.

Alimentados pelo conhecimento da Doutrina e da Palavra e fortalecidos pela oração, ao longo do mês de outubro, o grupo voltará seus esforços na missão de promover um mundo mais justo e fraterno, atendendo aos mais empobrecidos, doentes e vulneráveis. A ação pastoral acontece em instituições de assistência social parceiras do Colégio Medianeira.