Festa Julina terá como tema a diversidade, mas será pautada também por ações de sustentabilidade. Foto: Paulinha Kozlowski.

Texto por Jonatan Silva

Muito mais que comer pinhão e tomar quentão (sem álcool), a Festa Julina do Medianeira, que acontece no dia 02 de julho a partir das 10h, é também o momento de pensar e praticar atitudes em prol de uma sociedade mais justa e consciente da importância da natureza. Em 2016, a festa será pautada, não só pela diversidade cultural, mas também por ações de sustentabilidade.

A iniciativa, que faz parte do projeto Abra seus olhos e veja coisas novas, pretende despertar o interesse da comunidade educativa sobre o tema. “A ideia é criar a consciência ambiental, levar as pessoas a pensar sobre suas ações cotidianas e o impacto delas na natureza”, explica o professor Roberto Casagrande, responsável pelo Centro de Educação Ambiental (CEA).

Ao inserir ações de sustentabilidade na Festa Julina, o Medianeira desperta um novo olhar sobre o evento, colocando em xeque alguns hábitos de consumo e descarte. A mudança de atitude e postura reflete, por exemplo, nas escolhas dos materiais utilizados na festa. As barracas administradas pelo Medianeira utilizarão copos biodegradáveis, tendo o amido como matéria-prima em sua fabricação. Algumas turmas da Educação Infantil irão confeccionar elementos da decoração e adereços.

Na visão de Adalberto Fávero, coordenador do Ensino Médio, as ações de sustentabilidade se relacionam com o “modo de proceder” do Medianeira. “O cuidado pessoal e, ao mesmo tempo o cuidado com o outro, faz parte da filosofia do Colégio”, explica o educador.

Algumas turmas da Educação Infantil irão confeccionar elementos da decoração e adereços. Foto: Paulinha Kozlowski.

Algumas turmas da Educação Infantil irão confeccionar elementos da decoração e adereços. Foto: Paulinha Kozlowski.

Participação

Transformar a Festa Julina em um momento mais sustentável só é possível com a participação de toda a comunidade educativa. Para o professor Casagrande, é fundamental que as famílias, os responsáveis e os alunos também levantem a bandeira.

O educador ressalta que, quem desejar, poderá trazer de casa talheres, pratos e copos. “É importante também ter cuidado com o descarte de resíduos. Cada tipo de resíduo deve ser depositado no coletor correto”, explica.  A Festa Julina de 2016 servirá também como ponto de coleta para diversos tipos de resíduos como: lixo eletrônico, óleo de cozinha e papel reciclado.

Consciência

Ao se colocar a favor de uma postura de maior respeito aos recursos naturais, o Colégio Medianeira fortalece a proposta de Aprendizagem Integral por meio do exemplo, criando sujeitos conscientes do seu papel na construção de uma comunidade mais sustentável e responsável.

Saiba como contribuir com as ações de sustentabilidade

  • Traga de casa seu resíduo e faça o descarte na Barra da Sustentabilidade;
  • Descarte o óleo de cozinha usado no ponto de coleta;
  • Colabore com a ação do papel solidário;
  • Traga de casa pratos, talheres e copos;