02.03.16

Medianeira incentiva a arte com grafitagem

Conjunto de painéis reafirma compromisso com o ensino integral.

[fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”] Fotos Paulinha Kozlowski.

Algo diferente chama a atenção de quem passa de carro ou a pé pela Linha Verde, no Prado Velho. O grafite do artista plástico Paulo Auma sobre o muro do Colégio Medianeira se destaca na paisagem e ajuda a quebrar o olhar burocrático do dia a dia urbano. Para Auma, a convivência com a arte é a ignição para despertar um novo pensamento sobre o mundo.

“O ser humano sem arte não é humano. Ele nasce incompleto e a arte é a busca justamente dessa completude”, afirma o artista enquanto lembra a citação do pensador chinês Confúcio, que pregava que um país só alcançava a perfeição se nele houvesse a criação artística.

A ideia do muro, formado por quatro murais, segundo Paulo Auma, nasceu da conversa com o colégio, que queria levar seu projeto pedagógico de ensino integral à obra, partindo da frase “Somos mais quando nos abrimos aos demais”, campanha institucional do Medianeira.

Olhando por outro ponto de vista, o grafite representa também uma ruptura com a ideia de que a arte é algo institucionalizado. “As intervenções urbanas, realizadas nos muros estão abertas a diferentes formas de leitura sobre as cidades, seus moradores e a ocupação do espaço  urbano, fazem parte da vida de cada aluno, contam histórias, dão voz a elementos muitas vezes silenciados nas cidades”, explica Regina Lecheta, professora de Artes Visuais do 9º ano do Colégio Medianeira.

 Reflexão

A presença da arte em um ambiente tão inóspito como o trânsito é, ao mesmo tempo, um convite à reflexão. Cada um dos murais tem uma representação própria. Segundo Auma, temas como a ecologia, os saberes técnicos, os jogos e a espiritualidade norteiam os painéis, concebidos com os artistas plásticos Cleverson Café, Deivid Heal e Ivane Carneiro.

[/fusion_builder_column][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”] Fotos Paulinha Kozlowski.

 Linguagem jovem

A escolha do grafite como linguagem artística para preencher o muro é um exemplo do diálogo entre o Medianeira e seus alunos. Para Fernando Guidini, diretor acadêmico do colégio, a grafitagem tem uma expressão dinâmica e atual, em consonância com as preferências dos alunos.

Com 145 mil m2, o Colégio Medianeira possui diversos ambientes ocupados com intervenções artística, permitindo a interação entre diferentes linguagens. “Cabe ao colégio escolher como preencher os espaços. Temos ambientes com esculturas, pintura, azulejos e também a grafitagem”, define Guidini.

 Aprendizagem integral

 O ensino da arte, e também a sua percepção, faz parte do projeto pedagógico do Colégio Medianeira de aprendizagem integral. Nas palavras de Guidini, a estética está inserida nas dimensões privilegiadas pela proposta acadêmica do colégio. “É um conhecimento que envolve outros, e é algo que o Medianeira acredita ser fundamental”, afirma.

Texto por Jonatan Silva

Assista ao vídeo com o artista Paulo Auma

[/fusion_builder_column][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”]

 Confira a repercussão na mídia

Gazeta do Povo

Colégio Medianeira usa grafite para aumentar interesse de alunos por arte

Paraná Online

Colégio usa grafite em muro como ferramenta de ensino da arte

Paraná Imprensa

Colégio usa grafite em muro como ferramenta de ensino da arte

Guia SJP

Arte em muro de colégio chama atenção na Linha Verde

Kátia Velo

Colégio usa grafite em muro como ferramenta de ensino da arte[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

Ícone - Agende uma Visita
Agende uma Visita
Ícone - Rematrículas 2023
Rematrículas 2023

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nossos sites e fornecer funcionalidade de redes sociais. Se desejar, você pode desabilitá-los nas configurações de seu navegador. Conheça nossa Política de Privacidade.

Concordo