26.08.21

Padre Fábio Endler: a religiosidade como o caminho das pedras

Mês das Vocações evidencia a importância dos valores jesuítas e da base educacional sólida.

Padre Fábio Endler: a religiosidade como o caminho das pedras

Fábio Endler é o atual vigário da Paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Campo Largo, e também um dos mais reconhecidos sempre-alunos do Colégio Medianeira. “Cursei o Medianeira no Ensino Fundamental, fazendo 7ª e 8ª Série (hoje o 9º Ano). Saí do Colégio em 1988, quando decidi ir ao Seminário. Eram tempos bem diferentes”, recorda.

Depois do Ensino Médio e do tempo de preparação espiritual para o sacerdócio, Endler iniciou a formação sacerdotal, os seminários, a pastoral vocacional e a vida paroquial. De lá para cá, são mais de 20 anos entre atividades missionárias e administrativas. “Nada disso seria possível sem a base sólida que o Colégio me ofereceu. Foi o que me permitiu estruturar a vida acadêmica que iria descobrir mais tarde na faculdade”, confessa.

O padre relembra que acabou conhecendo mais a vida jesuítica depois que saiu do Colégio, especialmente por meio dos retiros anuais do processo formativo, que deram continuidade aos valores adquiridos no Medianeira. “A boa formação acadêmica, o espírito missionário, a sensibilidade com as urgências do coração humano, o zelo pelo patrimônio espiritual da igreja, a clareza nos princípios e posturas sólidas são valores jesuítas que dizem muito ao mundo contemporâneo, marcado por contrariedades e radicalismos, extremismos e relativismos”, defende.

Para o Colégio Medianeira, trajetórias como a do Padre Fábio Endler reforçam a nossa excelência humana e acadêmica, fruto da construção coletiva do conhecimento, com um currículo integrado, equilibrado e integrador. “Tenho uma enorme gratidão aos professores, à direção e à estrutura do Medianeira”.          

Mês das Vocações  

Endler considera que agosto, o Mês das Vocações, é um período muito importante para refletimos sobre as nossas vidas a partir do chamado de Deus. “Ele nos chama a ser quem realmente somos”. A celebração do Mês das Vocações é dividida em quatro momentos. O primeiro domingo é dedicado à Vocação Sacerdotal. O segundo, à Vocação Matrimonial. No terceiro domingo, temos à Vocação à Vida Consagrada e no quarto e último domingo é o dia da Vocação Leiga, quando também se comemora o Dia do Catequista. “É um período de reflexão do ser”, define o padre.

De acordo com o Padre, a vida missionária é, em síntese, a arte de “fazer o caminho das pedras”. Ele relembra que uma das definições preferidas da sua vida religiosa, utilizada em seu dia a dia, tem o Colégio como inspiração. “O que talvez poucos saibam é que retirei esta expressão das vivências na chácara do Colégio, onde atravessávamos o Rio das Pedras. Para atravessar o rio, era preciso pular de pedra em pedra. Era um desafio que exigia equilíbrio, coragem e decisão”, relembra.

 

Ícone - Agende uma Visita
Agende uma Visita
Ícone - Rematrícula 2022
Rematrícula 2022

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nossos sites e fornecer funcionalidade de redes sociais. Se desejar, você pode desabilitá-los nas configurações de seu navegador. Conheça nossa Política de Privacidade.

Concordo