24.10.16

Medianeira no SEMIC da PUCPR

Estudantes do Ensino Médio apresentaram trabalho sobre bullying no ambiente escolar.

[fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”] Robert e Vinícius explicam aos público sobre o trabalho. Foto: Paulinha Kozlowski.

Texto por Jonatan Silva

Os alunos da 3ª série do Ensino Médio (EM) do Colégio Medianeira, Robert e Vinícius, participaram do XXIV Seminário de Iniciação Científica (SEMIC), organizado pela PUCPR. Os estudantes fazem parte do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC Júnior) e desenvolvem um trabalho, sob coordenação do professor Paulo César de Barros, sobre bullying no ambiente escolar.

Para Claudia Furtado de Miranda, do Serviço de Orientação Pedagógica (SOP) do EM, o primeiro contato entre os alunos da educação básica com o modo de proceder universitário é fundamental para prepará-los para o ambiente da universidade. “Eles têm contato com professores e a pesquisa desses professores. Eles desenvolvem parte do trabalho, como pesquisa de campo e análise de dados”, define a educadora.

A inserção dos alunos na iniciação científica provoca também a reflexão sobre o cotidiano e sobre a sociedade. “A partir desse trabalho abriu-se uma nova perspectiva, um novo olhar sobre as crianças. Não só olhar para a criança e prevenir ações de bullying”, explica Vinícius, que já participa do PIBIC pela segunda vez.

Segundo Robert, que pretende cursar Geografia e seguir na docência, o trabalho de pesquisa serve também para que possa aprender a lidar com situações de violência física e psicológica em sala de aula. “Eu já sei como me portar frente ao problema e como criar uma solução para evitá-lo”, disse o estudante.

[/fusion_builder_column][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”] “A partir desse trabalho abriu-se uma nova perspectiva, um novo olhar sobre as crianças”, explica Vinícius. Foto: Paulinha Kozlowski.

Maturidade

A convivência com a universidade transforma os alunos, fortalecendo a proposta de Aprendizagem Integral e de excelência humana e acadêmica do Colégio Medianeira. Na visão do professor da PUCPR, Paulo César de Barros, a parceria entre escola e academia permite que o aluno vislumbre seu próprio futuro por meio de experiência pessoais, profissionais e humanas.

“Em um primeiro momento eles chegam assustados. Quando começam os estudos, as leituras, as reuniões semanais, a construção do questionário, eles vão crescendo e se tornam muito fortes. A gente percebe tranquilamente que o amadurecimento e o resultado se demonstram nas belíssimas apresentações”, avalia o docente.

A familiaridade dos alunos do Ensino Médio do Medianeira com o Ensino Superior articula o conhecimento científico, a cultura, a tecnologia e o mercado de trabalho. Esse processo pedagógico tem como principal objetivo formar sujeitos competentes, conscientes, compassivos e comprometidos, capazes de protagonizar mudanças e olhar o mundo com mais justiça e cidadania.

[/fusion_builder_column][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”] Robert e Vinícius com o Professor Paulo César de Barros, da PUCPR. Foto: Paulinha Kozlowski.[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

Ícone - Agende uma visita
Agende uma visita
Ícone - Matrículas
Matrículas

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nossos sites e fornecer funcionalidade de redes sociais. Se desejar, você pode desabilitá-los nas configurações de seu navegador. Conheça nossa Política de Privacidade.

Concordo